Seja Bem Vindo (a) ao
Portal de Notícias de Cedro PE. Hoje é
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------PORTAL na web Fan page on Facebook Youtube Channel Inscreve-se
......................................................... Petrobras é rebaixada por agência internacional
..............................................................................................................
...........................................................................................................................................

Gasolina vai ficar R$ 22 centavos mais cara apartir de domingo

Preço do diesel deve ficar ir de R$ 2,44 a R$ 3,22. Já a gasolina, R$ 2,905 e R$ 3,496.

O governo publicou no Diário Oficial da União, decreto alterando as alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina e o óleo diesel. 
 
O aumento dos dois tributos, que entra em vigor domingo (1º), corresponderá a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel, segundo o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.
 
O decreto também estabeleceu data para a volta da cobrança da Cide, também sobre combustíveis. O tributo entra em vigor a partir de 1º de maio. Na ocasião, a alíquota de PIS/Cofins cairá, de maneira que o aumento total de impostos continue sendo de R$ 0,22 por litro para a gasolina e de R$ 0,15 por litro para o diesel.

A decisão de reajustar tanto Pis/Cofins quanto Cide (contribuição para regular o preço dos combustíveis) foi para dividir as receitas com os Estados, de acordo com o governo.

A Petrobras já anunciou que não vai absorver o aumento de impostos e vai repassá-lo para as distribuidoras. Assim, o preço médio da gasolina nas bombas dos postos deve ficar entre R$ 2,905 e R$ 3,496, de acordo com o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária). O preço do diesel deve ficar ir de R$ 2,44 a R$ 3,22.Os valores são apenas de referência e não obrigatórios para os postos.

...........................................................................................................................................

Tarifa de luz terá acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora, diz Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou, nesta sexta-feira (30/1), que a bandeira tarifária para o mês de fevereiro de 2015 é vermelha. Para os consumidores, isso significa um acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, exceto para os Estados do Amazonas, Amapá e Roraima. Especialistas do setor afirmam que a cor deve prevalecer durante todo o ano.

O sistema de bandeiras tarifárias opera com as cores verde, amarela e vermelha, indicando se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade, para os quatro subsistemas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Assim, o consumidor poderá identificar qual a bandeira do mês e reagir a essa sinalização com o uso consciente da energia elétrica, sem desperdício, explica a Aneel.

Bandeira verde significa condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo. Bandeira amarela representa condições de geração menos favoráveis, em situação na qual a tarifa sofre acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Bandeira vermelha significa condições mais custosas de geração, quando a tarifa sobre acréscimo de R$ 3 para cada 100 kWh consumidos.


 Correio Brasiliense